terça-feira, 19 de agosto de 2014

Casa decorada com amor é como um coração adornado com coisas boas


Eu simplesmente amoooo o estilo Shabby Chic de decorar.


Shabby significa surrado, gasto e o Chic fica por conta do toque de elegância nos detalhes.


A predominância da cor branca e de tons pastéis também são características do estilo.


Quem disse que falar de decoração não é falar de Coisas Boas?


Uma casa bem decorada faz bem aos olhos e bem ao coração.


O estilo Shabby Chic começou na Inglaterra e na França, nos anos 80, e é inspirado na decoração das casas de campo.


Decoradas com móveis adquiridos nos chamados mercado de pulgas, o estilo ganhou um toque feminino com velas, tecidos florais e arranjos de flores, candelabros, rendas, bordados, babados, lacinhos e fitinhas.


A delicadeza do ambiente transmite a serenidade que harmoniza nossos sentimentos e nos faz sentir PAZ.


Uma viagem ao interior dos nossos pensamentos, desfrutando das boas lembranças e das boas inspirações.


É em nossa casa, no aconchego do nosso lar, aonde as melhores coisas devem acontecer, quando induzimos a nossa mente a olhar, sempre, o lado bom de tudo. Não precisamos, absolutamente, focar naquilo que não é bom. Nossos pensamentos são e devem ser comandados por nós.


O zelo com o ambiente que nos cerca é primordial para influenciar nossa mente, pois tudo é transformado em informação.


O estilo Shabby Chic mistura elementos antigos com modernos. Um ambiente Vintage, com detalhes clássicos.


Segundo o Wikipédia, a classificação para o que é antigo, vintage ou retrô fica assim:

"Antiguidade é qualquer peça que tenha, ao menos, 100 anos de idade.

O Vintage, é qualquer peça que tenha pelo menos 20 anos e menos de 100 anos, pois, a partir de 100 anos a peça já é considerada antiguidade.

Retrô, é considerado uma imitação de estilo antigo, só que a peça é nova. Todas as peças novas que imitem alguma era anterior é uma peça retrô. Isso em qualquer setor, desde a moda até os utilitários, caixas decorativas, etc."


Coisas boas não precisam ser jogadas fora; podem ser recicladas.


Restauradas


Readaptadas.

Muitas vezes, em nossa vida, precisamos apertar o PAUSE para repensar o que temos vivido até então. O que precisa ser renovado em nossa "decoração" interior.


Temos o hábito de entulhar, não só a nossa casa, mas a nossa vida, acumulando modos de pensar que já não têm o menor cabimento na época atual em que a nossa vida se encontra.


Assim como na decoração Shabby Chic, o que é antigo pode - e deve - ser usado; porém, com novos contornos, novos adornos, nova "cara".
Conhecimento nunca é para ser jogado fora; mas precisa ser recolocado, analisado novamente por novas convicções, para se encaixar perfeitamente numa nova fase.





Shabby Chic traduz, para mim, um estado de espírito e, também, um estilo de toda uma vida.
Uma vida Vintage - mais de 20 e menos de 100 anos -; uma vida que vai se misturando a coisas novas, modernas, e se encaixando da melhor maneira possível, a ponto de, quem vê, notar a perfeita adequação do novo ao clássico, ao vivido - e por que não dizer? -, ao bom e surrado coração.


Os objetos de decoração Shabby Chic não passam batidos ao primeiro olhar. Eles chamam a atenção.



Assim como as suas boas qualidades, o seu caráter, também enfeitam a sua vida, os objetos e móveis que compõem um ambiente Shabby Chic são o diferencial na decoração.


Aproveite as Coisas Boas da Vida.


Curta cada detalhe.


Cada cena, cada take da sua vida é importante


Faça como no estilo Shabby Chic de decorar:


Destaque e valorize o que VOCÊ tem de bom.


Um beijo fraterno da
Mônica Sampaio

LEIA BOAS NOTÍCIAS!
Blog AGRADABILIDADE: As Coias Boas da Vida
Com Mônica Sampaio


VISITE e CURTA a nossa página: www.facebook.com/agradabilidade
Se quiser saber mais sobre o estilo Shabby Chic visite o blog de sua criadora, a decoradora americana Rachel Aswell (http://www.shabbychic.com/blog/)